quarta-feira, 1 de julho de 2015

Como reciclar sua iluminária de emergência

Quando compram-se uma luminária de emergência, é possível que a maioria dos consumidores atentem-se apenas ao aspecto do preço, sem fazer muito julgamento de quanto tempo o produto pode durar, e como descartá-lo sem agredir o meio ambiente.

Infelizmente a maioria das pessoas não sabem como "esticar" a vidaa útil destes aparelhos que estão se tornando cada vez mais comuns nos lares e nos estabelecimentos.


Por exemplo, deixá-lo conectado diretamente na tomada pode fazer com que a bateria dure por um período cada vez menor. Em 2009 ganhei do meu tio uma lanterna de se prender na cabeça e o aparelho dura até hoje. O motivo: a cada três meses eu deixo a lanterna descarregar até o fim e depois carrego-a novamente. Coisa semelhante eu também faço com estas iluminárias de emergência.


Mas chegará o dia em que até mesmo as baterias destes aparelhos não durarão mais do que 10 ou 20 minutos de autonomia. É neste ponto em que as pessoas podem se sentir motivadas a descartar o aparelho e adquirir outro para substituiição do anterior.

O descarte correto deste aparelho deve levar em consideração a bateria que existe dentro dele. Existem lixeiras especiais em alguns lugares (inclusive supermercados), pois pilhas e baterias não devem ser descartadas junto com lixo recliclado ou orgânico.


Até este ponto estamos falando apenas da bateria. À princípio, não há nada de errado com o resto da iluminária que funciona muito bem. Uma primeira alternativa seria comprar outra bateria, mas o custo não compensa. Uma bateria avulsa custa em torno de 15 reais, enquanto toda a iluminária nova pode ser encontrada por 19 ou 20 reais.


Para quem não quer descartar a iluminária, ainda há algo o que fazer com ela: transformá-la numa lanterna de parede. O princípio é simples: substituir a bateria interna da iluminária por uma outra de 9V. Porém, uma vez feito este procedimento, você não poderá deixar a iluminaria conectada na tomada ou tentar recarregá-la (daí o nome de lanterna). O vídeo abaixo mostra como isto é feito.